João Derly participa de painel que discute a Porto Alegre do futuro

João Derly participa de painel que discute a Porto Alegre do futuro

Proposto pelo coletivo Porto Alegre Inquieta, o painel com os candidatos a prefeito de Porto Alegre, ocorrido na noite dessa quinta-feira, 22, expôs as ideias de cada um a respeito da Carta POA 2050. O documento agrupa recursos e informações para a transformação do município a longo prazo. No entanto, não é um plano de governo e sim um “plano da cidade”. A ideia é tornar a Capital um local mais sustentável, inclusivo e acessível. Para desenvolver o projeto, o coletivo inspirou-se em exemplos bem sucedidos como os de Recife e Medellín, que investiram na cultura cidadã e em projetos de longo prazo e hoje são modelos de inovação.

Segundo João Derly, candidato a prefeito pelo Republicanos, seu Plano de Governo está focado no desenvolvimento urbano aliado à sustentabilidade. “Queremos uma cidade realmente acolhedora, humana e comprometida com o futuro das próximas gerações. Cada decisões que tomarmos será de forma plural, atenderá aos princípios da justiça, da inovação e da sustentabilidade. Nós queremos construir a Porto Alegre do futuro desde agora”, disse.

O candidato destacou como exemplo a Favela Holding – primeira ação que conectou empreendedores aos seus locais de origem, fomentando o desenvolvimento social, econômico, ambiental e humano dentro da própria comunidade. “Vamos Criar a Escola do Empreendedorismo para ensinar aqueles que querem apostar em ter seu próprio negócio. A orientação é fundamental para estudo de mercado, descoberta de talentos, de potencial e de como utilizar o microcrédito que será oferecido para a recuperação da crise ocasionada pela pandemia”, explicou.

O candidato complementou garantindo que sua administração será com base no diálogo, para que o poder público e a sociedade decidam juntos o que é melhor para o município. “O Cidadão Participativo, que iremos implantar, é uma evolução do Orçamento Participativo, com uma funcionalidade muito mais ampla e mais eficaz. É possível fazer um governo onde as pessoas sejam mais atuantes”, completou. João Derly finalizou sua participação firmando sua adesão à Carta POA 2050.

shares
× Fale comigo no WhatsApp!